Democratização do acesso

Um dos principais objetivos do Plano Nacional do Livro e Leitura é democratização do acesso à leitura, ao livro e à literatura para toda a sociedade. Há o entendimento de que leitura e escrita são instrumentos indispensáveis para a formação do ser humano e que, através deles, as capacidades do cidadão poderão ser exercidas plenamente, individual ou coletivamente.

 

Ciente deste desafio, o PNLL busca implementar novas bibliotecas municipais e escolares com acervos que atendam, pelo menos, aos critérios básicos recomendados pela UNESCO, incluindo livros em braile, livros digitais, audiolivros, computadores conectados à Internet, jornais, revistas e outras publicações periódicas.

 

O Plano visa ainda transformar esses equipamentos em centros de produção e irradiação cultural.

 

Por fim, o PNLL procurar apoiar a abertura de bibliotecas comunitárias – nas periferias urbanas, morros, hospitais, creches, igrejas, zonas rurais, clubes de serviços, ONGs, etc – de modo a fomentar e garantir o acesso ao livro e leitura para todos.